Posted by : Lucas Reynaud terça-feira, 13 de outubro de 2015


Saudações espirituais, meus amigos! Após alguns tempos sem reportes, voltamos com força total! É importante mostrar a história completa e registrar esta incrível campanha que é Fallen, que sempre estará em meu coração. Ela teve seu fim recentemente, em seu capítulo sessenta. É, vai demorar um pouco pra eu chegar ao reporte sessenta, mas irei me empenhar!

No último capítulo nossos heróis chegaram à cidade de Fiore-Capital onde acabaram por descobrir que o líder do grupo, Hiei Beowulf, é na verdade o príncipe do reino e está cumprindo castigo por algo que fez no passado. Os aventureiros tiveram seu devido descanso no castelo da realeza e puderam conhecer o rei e a rainha, que confiaram Sagittarius, o maior tesouro de Fiore, à seu filho Hiei. Com Sagittarius seria possível derrotar o poderoso Lorde Chaor. Assim, antes que nascesse o dia seguinte, eles já estavam novamente em sua jornada, pois seu objetivo é livrar o reino da praga que trouxe Chaor.
Exército de Fiore: a esperança de um mundo.

Fallen

Primeira Temporada: Medieval Wars
Arco 2: Capital
Capítulo 8: O Tesouro dos Espíritos

Hiei Beowulf (Caído) – Cavaleiro Lvl 3 [Aprendiz Lvl 3, Químico Lvl 1]
Príncipe de um reino em guerra, após um incidente causado pelo próprio Hiei, ele foi punido e obrigado a participar da Escola de Guerra de Fiore. Após uma visita à cidade-capital, seu grupo acaba descobrindo seu parentesco real.

Phillip Van Grodo – Feiticeiro Lvl 3 [Aprendiz Lvl 2, Químico Lvl 3]
Membro de uma família nobre de magos, entrou na Escola de Guerra de Fiore para agradar seu pai, ficando mais poderoso. É arrogante e tem Tyler Lannister com rival. Recentemente tem demonstrado companheirismo com seus amigos, abrindo mão de seu orgulho.

Tyler Lannister (Lolicon) – Cavaleiro Lvl 3 [Aprendiz Lvl 3, Químico Lvl 1]
Teve seus pais mortos durante um ataque de estranhos demônios e em seguida encontrou-se com Dharak e Lissana, com quem seguiu jornada. Conheceu Michaela e perdeu seus companheiros num ataque. Entra na Escola de Guerra para se tornar forte e guerrear contra o inimigo do reino.

Michaela White – Química Lvl 4 [Aprendiz Lvl 2]
Jovem ingênua e pura que entrou na Escola de Guerra de Fiore para purificar o mundo da ameaça dos demônios inimigos.  Sua vila natal sofreu um ataque de estranhos demônios quando Michaela ainda era pequena e na mesma época seu pai contraiu uma rara doença.

Summer Stratos – Química Lvl 3 [Aprendiz Lvl 3]
Especializada em armas de fogo, esta jovem é fria e rígida, sem nunca demonstrar emoção. Entrou com objetivos misteriosos na Escola de Guerra de Fiore, entretanto, por sua perícia e habilidade foi escolhida como membro do grupo de ataque da escola.

Michaela White.

Confiança

Michaela sorri feliz ao ver seu novo estoque de poções, compradas horas antes, na feirinha de Fiore-Capital e imagina como elas se darão bem com suas novas habilidades de curar ferimentos, veneno e paralisia! Enquanto isso Beowulf observa sua mais nova arma, o arco Sagittarius, e imagina como poderá controlar tal poder. O restante do grupo segue confiante – e sem dinheiro algum.

Entretanto é possível perceber que a confiança possui razão. Phillip e Michaela acabaram por aprimorar suas habilidades: Phillip despertou sua primeira magia verdadeira, um tipo de chama negra; e Michaela aprendera a manipular melhor suas poções! E com Sagittarius, a confiança não poderia estar maior.

O dia se passa e logo eles chegam a Florestas dos Espíritos, local da tradicional caçada da família Beowulf. Hiei lembra-se da época em que ele caçava com seus pais e do fatídico dia em que fez algo de errado, algo que ele sequer se lembra, mas mesmo assim está pagando por isso. Se ele bem se lembra, havia uma história de um tesouro escondido por ali, mas que nunca foi achado, começando a ser tomado como lenda... Mas seria mesmo só uma lenda?

A lendária Floresta dos Espíritos.

Rastro

Um acampamento é montado em seguida, com alguns pedaços de lenha e a relíquia de Tyler, um isqueiro velho e quase sem gás. “É a única lembrança que eu tenho da minha família”, diz o rapaz, cabisbaixo. Michaela abraça seu “irmãozinho”, o consolando. Estranhamente isso parece afetar um pouco o jovem Phillip, como se sentisse inveja da situação...

Summer se encontra afastada do grupo, em cima de uma árvore, ponderando se deveria tentar se suicidar esta noite ou não, mas logo se recosta num galho, aparentemente deixando isso para outro dia... Beowulf, que estava próximo, apenas observa sua mais nova arma, pensativo.

Meio rabugento Phillip vai procurar mais lenha – talvez só uma desculpa para se afastar do grupo – e quando volta parece ofegante. “Achei alguma coisa”, fala para o grupo.

Todos pegam suas armas e começam a segui-lo, talvez seja algum perigo! Mas ao chegar ao local indicado apenas encontram uma série de pegadas na terra e um pedaço de tecido preso a um galho. Examinando-o mais atentamente podem perceber que se trata de uma marca de um tipo de guilda... O que será que os membros dessa guilda estariam fazendo por essas bandas, tão próximos da guerra? Suspeitando se tratar de algum tipo de espionagem ou perigo parecido, o grupo segue os rastros com a ajuda de Beowulf, que já tem maior costume com o local.

Deparam-se com um acampamento montado e um grupo de sujeitos encapuzados com mantos de cor azul-escura ou roxa ao redor. Em seus peitos o símbolo de uma guilda, identificada como uma guilda mercenária. Os ânimos estão à mil, pois não se sabe o que eles estariam fazendo ali. Até que Beowulf vê um baú. Será que era aquele? O Tesouro dos Espíritos, lenda que teria dado nome à floresta? Ora, não restava dúvida que sim, o que mais seria? Beowulf não deseja ver o tesouro da floresta com uma guilda como aquela e logo pondera atacá-los! Mas antes que possa fazer qualquer coisa, a imagem de Tyler se prostra a frente do grupo mercenário. “Devolvam o tesouro. Vocês, infiéis, não o merecem!”


A batalha pela lenda

Dentre surpresa e gargalhadas irônicas os encapuzados negam a ordem de Tyler e levantam suas armas, rumo a atacá-lo. “O cederemos com prazer ao lado vencedor na guerra”, ri sarcasticamente um deles, revelando seu plano. Tyler se ira e parte para cima dos mercenários, seguido das flechas de Beowulf que deseja tirar o tesouro das mãos daqueles trastes! Summer mal se revela na batalha, apenas atirando com seu rápido gatilho e balas poderosas, que, entretanto são defendidas por auras mágicas dos oponentes. Ou seja, se tratam de feiticeiros!

Phillip se mostra assim que pode, desejando batalhar de frente e testar seus poderes contra os dos oponentes. Seria ele mais poderoso? Poderia se orgulhar de sua magia? Poderia orgulhar seu pai? Dentre tais pensamentos o mago conjura uma esfera flamejante negra e lança num dos mercenários que logo explode e cai derrotado.

Cercado pelos três vilões restantes, Tyler se encontra em apuros, sendo atingido em cheio por três ataques de cajado imbuídos de magia. Com isso o rapaz quase cai inconsciente, sendo salvo pelas poções curativas de Michaela, por pouco. Sagittarius, o poderoso arco de Beowulf fulmina mais um dos mercenários com uma flecha carregada, mas logo também é atingido por poderosas cajadadas inimigas. Summer e Tyler, em conjunto, derrubam o penúltimo, restando apenas um deles. Acuado e sem ter como fugir, o vilão se rende.

Com os inimigos feridos e inconscientes logo nossos heróis se restabelecem, utilizando as poções de Michaela e de Summer. “Vamos, nós mesmos, levar o tesouro para nosso exército”, fala prontamente o líder Beowulf. “Não podemos deixar que ele caia nas mãos de nossos inimigos”. O grupo aceita, mas logo a curiosidade é desperta... O que seria o Tesouro dos Espíritos? Atiçada pela curiosidade, Michaela abre o baú.

Para a surpresa de todos, um tipo de criatura zumbi salta de dentro do baú em cima da garota Michaela, a mordendo e arranhando. Summer dispara o mais rápido que pode, infelizmente também acertando a garota que gostaria de proteger. Phillip, com seus poderes arcanos, evoca uma poderosa chama negra que queima o zumbi por completo livrando Mica.

Ao que parece aquilo se tratava de uma armadilha para que tentasse abrir o baú, e quase levou a Luz do grupo consigo! Michaela, muito assustada, vai para os braços de seu irmãozinho. Ao que parece até Summer havia se importado com ela, mostrando que não é tão fria assim. Beowulf com mais cuidado, vislumbra se ainda restara algo no baú e sorri ao perceber que são inúmeras peças de ouro! A lenda realmente era verdadeira!

Com confiança em seus corações e sorrisos em seus rostos, todos podem se orgulhar. A lenda é verdadeira. Com certeza a esperança em seus corações para derrotar Lorde Chaor também é.

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Crítico 6 - Date A Live - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -